INFORMAÇÕES SOBRE EXAME DE QUALIFICAÇÃO

Regras gerais dos exames de qualificação:

O Exame de Qualificação é exigido tanto no curso de Mestrado quanto no curso de Doutorado, sendo a inscrição de responsabilidade do aluno.

Não são requeridos créditos mínimos para a realização do exame de qualificação.

O exame deverá ser realizado no máximo 60 dias após a inscrição.

O estudante que não realizar o exame no período previsto para o seu curso será desligado do Programa.

A comissão examinadora deve ser constituída por três membros, com titulação mínima de doutor, excluindo o orientador.

O estudante que for reprovado no exame de qualificação poderá se inscrever para repeti-lo apenas uma vez. A nova inscrição deverá ser realizada no prazo de 90 dias após a realização do primeiro exame. O segundo exame deverá ser realizado no prazo de 60 dias após a inscrição. Persistindo a reprovação, o estudante será desligado do Programa e receberá certificado das disciplinas cursadas.

Regras específicas do exame de qualificação do Mestrado:

Prazo de inscrição: Período máximo de 18 (dezoito) meses após a primeira matrícula no curso.

 

Objetivo do exame: Avaliar o investimento realizado pelo aluno nos diversos setores da vida acadêmica e os progressos alcançados com respeito à formação global, face ao nível pretendido.

Constituição do exame: O exame consistirá de uma aula sobre tema de Fisiologia em nível de Graduação (45 a 60 minutos de duração). O tema da aula deverá estar relacionado ao Programa de uma das disciplinas de graduação do núcleo básico comum sob responsabilidade do Departamento de Fisiologia do IB/USP. A seguir, ocorrerá arguição do candidato a respeito da aula e da documentação apresentada no ato da inscrição (30 minutos de duração por arguidor).

Documentação de inscrição: Deverão ser entregues na Secretaria da pós-Graduação (SPG):

1) solicitação de constituição de Comissão Examinadora, em formulário próprio, indicando título da aula, formulários gerais (link do formulário). Formulários  para qualificação departamento de Fisiologia: Formulário de incrição com título de aula (link formulário qualificação); Formulário  da banca (link formulário banca qualificação).

2) 6 vias do Curriculum Lattes (ou Vitae) do aluno;

3) 6 vias da ficha do aluno no curso de Pós-Graduação.

4) 6 vias do mais recente relatório de atividades apresentado ao Programa ou à agência de fomento, complementado ou não, a critério do aluno e orientador.

Critérios de avaliação: O aluno será avaliado com base nos seguintes itens:

  • Estrutura e precisão de conceitos na apresentação.
  • Fluência e domínio em temas de Fisiologia relacionados ao conteúdo da apresentação.
  • Capacidade de sintetizar e analisar criticamente os resultados já obtidos em seu trabalho de pesquisa, frente aos objetivos do projeto.
  • Desempenho do aluno no Programa.

Procedimentos de avaliação: Ao final da sessão, cada um dos membros da Comissão Examinadora preencherá um relatório padronizado, no qual o desempenho do candidato será qualificado com base nos critérios acima definidos. O examinador poderá adicionalmente expressar quaisquer outras considerações que julgar relevantes para a sua decisão. Será considerado aprovado o candidato que obtiver aprovação da maioria dos examinadores.

 

Regras específicas do exame de qualificação do Doutorado e Doutorado Direto:

Prazo de inscrição: Para os alunos de Doutorado, o período máximo de inscrição é de 28 meses após a primeira matrícula no curso.

Para os alunos de Doutorado Direto, o período máximo de inscrição é de 34 meses após a primeira matrícula no curso.

 

Objetivo do exame: Avaliar a capacidade do(a) candidato(a) de (i) discutir e desenvolver, de forma independente, o seu projeto de tese, dentro de sua área de pesquisa, (ii) comunicar os dados obtidos na sua pesquisa na forma de trabalhos científicos e (iii) aproveitar diversas oportunidades acadêmicas, incluindo disciplinas, eventos científicos e outras possibilidades, na sua formação como pesquisador.

Constituição do exame: O exame consistirá de uma apresentação oral em que o candidato exporá os aspectos teóricos que embasam e justificam o seu projeto de pesquisa, inserindo seu trabalho no contexto científico atual (45 a 60 minutos de duração). A apresentação de resultados obtidos pelo aluno é opcional. A seguir, ocorrerá arguição do candidato a respeito da apresentação oral e da documentação apresentada no ato da inscrição (30 minutos de duração por arguidor).

Documentação de inscrição: Deverão ser entregues na Secretaria da pós-Graduação (SPG):

1) solicitação de constituição de Comissão Examinadora, em formulário próprio, indicando o título da apresentação oral, formulários gerais (link do formulário). Formulários para qualificação departamento de Fisiologia: Formulário de incrição com título de aula (link formulário qualificação); Formulário  da banca (link formulário banca qualificação).

2) 6 vias de um texto redigido pelo aluno, em Português ou Inglês, em formato de artigo científico completo ou artigo científico publicado, desde que o tema seja relacionado ao projeto do aluno e que este seja o primeiro autor;

3) 6 vias do Curriculum Lattes (ou Vitae) do aluno;

4) 6 vias da ficha do aluno/histórico escolar do Mestrado e do curso atual de Pós-Graduação.

5) 6 vias do mais recente relatório de atividades apresentado ao Programa ou à agência de fomento, complementado ou não, a critério do aluno.

Critérios de avaliação: O aluno será avaliado com base nos seguintes itens:

  • Estrutura e didática da apresentação.
  • Contextualização teórica do projeto, fluência e domínio no debate sobre temas de Fisiologia relacionados ao conteúdo da apresentação.
  • Estrutura e conteúdos do manuscrito em termos de hipóteses, objetivos e resultados.
  • Capacidade de sintetizar e analisar criticamente os resultados já obtidos em seu trabalho de pesquisa, frente aos objetivos do projeto.
  • Desempenho do aluno no Programa.

Procedimentos de avaliação: Ao final da sessão, cada um dos membros da Comissão Examinadora preencherá um relatório padronizado, no qual o desempenho do candidato será qualificado com base nos critérios acima definidos. O examinador poderá adicionalmente expressar quaisquer outras considerações que julgar relevantes para a sua decisão. Será considerado aprovado o candidato que obtiver aprovação da maioria dos examinadores.